Google+ Badge

terça-feira, 13 de agosto de 2013

3 meses

Eu quis postar hoje em homenagem ao meu filhotinho que está completando 3 meses de vida.
Foram três meses de muitas conquistas, muitos avanços.

Rafael foi um baby que passou por todos os Picos de Crescimento e todos os Saltos de desenvolvimento possíveis!!!

Picos de Crescimento:

7-10 dias
2-3 semanas
4-6 semanas
3 meses

Saltos de Desenvolvimento

1 mês
Quase 2 meses
Quase 3 meses

Eu tenho certeza que ele passou por TOOOODOOOSSS, por que eu consegui enxergar o que cada Pico e Salto trouxe de desenvolvimento pra vidinha dele, cada progresso que ele teve eu sei :)
E em cada pico ou salto, ele mamava muuuuitooo hehe, não é atoa que a mamãe aqui tá parecendo um zumbi, precisando que vitaminas hehe... Mas ver o desenvolvimento do meu filhote compensa e muito. Me traz muitas alegrias ver que ele está aprendendo tudo, ele parece o modelo das tabelinhas de crescimento hehehehehehe, tudo dá certinho com o desenvolvimento dele, ou até antes da data certa.
Fico muito feliz em saber que meu leite dá esses benefícios a ele.
Na foto, adoro essa carinha que ele faz, de 'prestando atenção' Hehe. :)


FELIZ DIA DOS PAIS PARA ESTE PAIZÃO QUE É O MEU MARIDO. AMO DE PAIXÃO!!



quinta-feira, 1 de agosto de 2013

OFF...

Olá gente....

Queria dizer que vou ficar em OFF no blog por tempo indeterminado, pois estou trabalhando num projeto para minha vida. Não me perguntem do que se trata, pois não vou revelar. :)

É super segredo por enquanto. 

Então, queria dizer que vou escrever bem de vez em quando, pois estou me ocupando com este novo projeto nos meus tempos livres.






quarta-feira, 17 de julho de 2013

Slingando

Vamos Slingar???

Sling? 

Eu não conhecia antes de entrar para o grupo das Doulandas da Cris, lá eu aprendi muitas coisas, entre elas a grande utilidade que o Sling tem na vida de uma mãe e a grande função que ele tem para o neném recém-nascido. 
Eu comprei meu sling pensando no Rafael, pois como ele é muito pequenininho, ele dependia muito do colo quando nasceu. Eles ainda se sentem parte da mãe, e a mãe sente falta dele aqui dentro, então a melhor maneira de acalmar essa saudade é segurá-lo bem pertinho de mim, assim nós dois ficamos muito tranquilos e nos sentimos seguros. Ao contrário de muita gente que o neném mal nasce e a pessoa acha que já tem o direito de ensiná-lo a ficar sozinho, ser independente. Para pessoas que dizem isso, eu só recomendo que leiam e se informem a respeito sobre a Teoria da extero-gestação. Aliás, não considero só real na teoria como algumas técnicas que existem, por que funciona muito bem na prática, e é incrível. Acho que aqui em casa funciona muito e também o Rafael é muito calminho, ele realmente só chora se tem alguma coisa incomodando, e nisso se inclui um pouco de colo também. Por que afinal, se nós precisamos de carinho por que eles não iriam precisar certo? Abaixo vou colocar um texto que uma amiga passou que é um comparativo sobre o carinho que precisamos, a atenção, etc. 
E como falamos em colo, lembra peso, lembra coluna cansada, etc. Para isso o Sling é um quebra-galho incrível!!! Todo mundo acha que com o Sling a coluna vai mais ainda pro brejo, mas é pelo contrário, ele ajuda nós mamães a poder dar mais carinho ao nosso filhote, com menos dores nas costas, por que pensa, meu 'pequenino' está com 2 meses e 4 dias, com 60 cm e 6.190 kg. Hehe... ele é pouco leve tá gente :)
É pesado mas é um poço de gostosura, quase esmago ele, ainda mais quando me vem com uns sorrisos inesperados, quando eu simplesmente estou prestando atenção em outra coisa hehe. Ele é um amor!!
Minha gravidez não foi tranquila atoa, ele recebeu toda essa minha tranquilidade e está me devolvendo agora, com o maior carinho de todos. E por isso que eu devo e quero continuar dando muito carinho para ele, para que ele sempre seja assim, esse menino carinhoso e atencioso. 




Abaixo segue o texto sobre 'dar colo estraga'. É um ótimo texto, tanto para mamães lerem, tanto para as pessoas que ainda acham que o colo estraga. Eu sempre recebi muito colo dos meus pais, muito carinho e quero oferecer o mesmo ao meu pequenino :)



"Dar colo estraga".

"Como você se sentiria se quisesse conversar com seu marido sobre algo que fosse importante para você, e ele muito cansado de um dia inteiro de trabalho passasse direto por você e fosse olhar os armários da cozinha, depois o guarda-roupas, depois a sapateira, colocasse a mão na sua testa e dissesse para si mesmo:
- Hummm... Os armários estão cheios de comida, o guarda-roupas cheio de roupas lindas, tem sapatos novos na sapateira, ela não está com febre, minha esposa está limpa, bem alimentada, bem vestida, não está com frio nem fome, portanto não há mais nada que ela possa querer ou precisar! Eu a amo muito, mas creio que ela está mal acostumada, vou deixá-la ali falando sozinha, que quando ela se cansar ela dormirá tranquila, pois nada lhe falta..."
Se você como uma mulher adulta, capaz de compreender muitas coisas, não tem apenas necessidades físicas, pq pensar que um bebê recém chegado a este mundo só chora quando está com frio, calor ou fome??
Se você, que é adulta quer ser ouvida, beijada, abraçada e acarinhada, se você que é adulta quer sentir que te amam não apenas cuidando de suas necessidades físicas, quer se sentir segura e amada através do contato e da presença de um marido carinhoso, como pensar que um bebê não precisa (muito mais) da presença física e do contato com sua mãe??
Se você que é adulta precisa de presença, carinho e contato para estar feliz, como achar que um bebê também não precisa?
Se você que é adulta não quer "marcar hora" para receber carinho e atenção, como achar que um bebê merece ter isso de forma restrita e limitada?
Coloque-se no lugar do seu filho por um único instante, e por favor: vá pegá-lo no colo, embalá-lo, niná-lo, dê-lhe o peito, e mostre que você o ama da ÚNICA forma que ele é capaz de compreender agora: com sua presença física!"

terça-feira, 16 de julho de 2013

2 meses...

Oi gente, depois de muuuitos dias sem escrever, tive um tempinho pra colocar algumas coisas que eu acho importante.
Bom, agora no quarto trimestre da minha gestação não vou mais contar em muitos detalhes tudo o que acontece, por que não tenho a mesma disponibilidade. Não deixo de anotar, mas não quero também publicar tudo, até por que guardar uma ou outra lembrança pra agente é importante de vez em quando.
A idéia de ter um blog sobre minha gestação é de ajudar as outras mulheres a entenderem que muitos sentimentos que temos são normais, as sensações de apavoro, de choro, de alegria, de maturidade, de mudança, são sintomas comuns na gravidez e pós-parto, sintomas que médicos as vezes avaliam como depressão, eu procuro enxergar como amadurecimento por mais que seja conturbado.
Outro dia eu li um relato de um parto que me acrescentou muito conhecimento. No relato dizia que a nossa vida hoje em dia é tão virtual, 'post de facebook', twitter, orkut(pra quem ainda usa), e-mail, celular, smartphone, em fim. Nossa vida é uma grande porcentagem refém do mundo virtual, e eu confesso, sou uma viciada, hehe. Infelizmente sou sim, mas estou lutando pra mudar isso, ou então, lutando para transformar isso numa qualidade, que me beneficie.
Durante meu quarto trimestre da gestação, enquanto dou o mamazinho pro Rafinha, fico usando meu tempo pra trocar idéias no Grupo de Doulandas da Cris aonde acabei criando amizades. Procuro ler sobre temas como extero-gestação que todas as mamães deveriam seguir, pois assim passamos a conhecer mais nossos filhotinhos e entender tudo o que acontece com esses lindos mini-adultos. Eu chamo de mini-adulto por que o Rafa ele faz tudo comigo, e me entende, parece que ele entende cada palavra que eu falo. Se estou lavando louça fico falando com ele sobre a louça, se estou tomando banho, converso com ele sobre como é tomar banho no chuveiro ( o que ainda quero fazer com ele, tomar banho no chuveiro - só me falta coragem), se estou arrumando as roupinhas dele, converso toda hora, peço licença pra mudar ele de lugar, mas claro que, faço tudo isso quando estou sozinha em casa se não TOOODOOOO mundo acha que estou maluca, por que todo mundo acha que bebê na idade dele faz manha, se acostuma mal, em fim. Bebês na idade dele não fazem manha e não se acostumam mal, ainda mais o Rafinha, que é suuuuper comportado. Pode até existir uma exceção ou outra, mas meu filhotinho não faz manha, eu sei disso. Eu e meu marido conseguimos decifrar os chorinhos dele, e quando surge um choro novo, vamos testando de tudo até entender, por que como diz um texto que eu li, se não lhe falta 'nada', ele quer colo, aconchego, carinho, muito carinho, afinal, se nós gostamos de carinho, eles também gostam, e ainda multiplique por 20, pois ele acabou de sair do meu útero aonde tinha muito aconchego e carinho o tempo todo.

Acho que por hoje é isso :)

Pra registrar, meu Rafael abaixo está assim, coisa mais linda da mamãe e do papai. Somos bem babõess!!! hehehehehe.


Passeando de Sling com mamãe e papai no Angeloni :)



Brincando com a joaninha que cura minhas poucas cólicas. :)


Sorrisão do meu lindo. Te amo filhão!!







terça-feira, 18 de junho de 2013

Manifestação para um mundo melhor!!

Rafael também deixa seu recado. 


De volta...

Oi gente!!!

Estamos de volta ao Blog, depois de muuuuitos acontecimentos!!

A última postagem eu fiz com 40 semanas e 2 dias, só que ainda demorou 1 semana e 2 dias pro Rafa querer nascer.
Vou tentar contar, e se eu parar no meio é por que o Rafael me chamou pra mamar :)

Quero começar com um protesto, por que foi o que me fez ficar mais ansiosa no final da gestação. Todos os médicos dão como data prevista para o parto o prazo de 40 semanas, mas o correto é ter o conhecimento que uma gestação pode demorar até 42 semanas, e nós grávidas iludidas, divulgamos a data 'prevista'. Lembrando que 'prevista' é uma previsão, e não uma data marcada, até por que parto normal não tem data marcada NUNCA, pois quem marca a data é o bebê na agendinha dele que ninguém tem acesso hehe.
Sendo assim, um conselho pra todas as gestantes que lêem este blog:

- Data prevista para parto? Estimem em 42 semanas, se nascer com 38, 39, 40, 41 ou 42, ÓTIMO. :) Lembrando que a partir de 37 semanas, as consultas são mais frequentes, e a partir de 40, é quase duas por semana, então, confiem no médico e na doula e esqueçam os comentários de que 'seu filho está atrasado', por que não está. A natureza sabe a hora de tudo acontecer, pois como diz meu médico obstetra, somos mulheres, mas somos 'bixo' também, nosso corpo sabe como agir e quando agir.

Bom, sendo assim, com todas as pressões psicológicas das perguntas sobre 'e ai, nada ainda?', ou 'aii que medo, tá demorando muito', ou 'tem que cuidar que ele pode ingerir o mecônio e ter problemas', ou então 'marca cesárea que ele vai ser grande'. Com todas essas questões que acabaram me deixando tensa no final da gestação, além da minha própria pressão psicológica, eu resolvi fazer uma greve de internet com 41 semanas de gestação. Hehe, pirei a cabeça de todos :). Mas pensa.... melhor a cabeça dos outros pirada neste momento, do que a minha que estava grávida, não acham? Então, minha lógica de pensamento foi esta, então fiz greve mesmo.

Minha querida Doula me deu a dica de ir relaxar, tomar chá (um que ela indicou), tomar UMA taça de vinho, sair pra namorar, etc. Então, na sexta, dia 10 de maio foi isso que eu e meu marido fomos fazer. Fomos no restaurante aonde saímos a primeira vez, como encontro, e depois dali demos nosso primeiro beijo. Adoro, é uma pizzaria chamada Nave Mãe, que fica na Lagoa da Conceição (lugar que amo de paixão). Comemos a pizza mais apimentada que tinha (dizem que comida apimentada é bom pra estimular o parto) e tomei um bom vinho. Uma taça de vinho foi o suficiente pra me deixar bêbada kkkk... cheguei em casa e capotei!! Dormi muuuito bem.

Foi ai que começa meu relato, mas como estou com preguiça de escrever ele todo de novo aqui, vou direcionar as leituras para o site da Cris, minha doula linda e querida, que fez a mágica pro meu parto ser natural do jeito que eu sempre sonhei.

http://crisdoula.com/?p=4111 (meu relato)






.... e continua na próxima postagem.

sábado, 4 de maio de 2013

40 semanas e 2 dias

Bom... ontem fiz um vídeo da Pit em cima da minha barriga, quer dizer, em cima do Rafinha.
Isso mostra o amor que ela tem por ele... até foi um milagre eu conseguir pegar essa filmagem, não é de muita qualidade mas o que importa é o conteúdo. :)

Olha que coisa mais fofinha.